EM 360º

Atualidade de alta temperatura, analisada de todos os ângulos, em apenas 360 caracteres

Silêncio cúmplice

Os jihadistas do auto-proclamado Estado Islâmico de Iraque e do Levante (EIIL) continuam a utilizar a crucifixão como forma de castigo, no interior da Síria. Na cidade de Deir Hafer, província de Alepo, combatentes que se opunham aos jihadistas foram crucificados na praça principal da cidade, onde seus corpos permaneceram expostos por três dias. Os tão barulhentos defensores dos Direitos Humanos permanecem em silêncio.

Fonte: ABC (Madrid)

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: